DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS: COMO SE PREVENIR?



Você provavelmente já ouviu falar em doenças crônicas não transmissíveis (DCNT’s), mas sempre teve dúvida em saber quais delas se encaixam nesse perfil patológico. Pois bem, a OMS define quatro afecções relacionadas ao sistema cardiovascular, diabetes, câncer, e doenças do trato respiratório estando associados ao tabagismo e etilismo, inatividade ou sedentarismo e má alimentação.

Hoje uma fração reduzida da população prática atividade física ou alguma modalidade esportiva, o que contribui proporcionalmente ao aumento das taxas de sobrepeso, tal como diabetes e hipertensão. Tendo em vista o exposto, medidas preventivas têm sido a melhor opção para o retardo dessas afecções e do processo de envelhecimento inerentes ao longo dos anos.

Essas atividades físicas são referentes aos movimentos realizados pela musculatura esquelética que proporcionam gasto energético seja por atividades laborativas e domésticas, deslocamentos e lazer. Atualmente a Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte recomenda aproximadamente uma frequência de 3 a 5 vezes por semana com duração de 20 a 60 minutos. É importante ressaltar a necessidade do acompanhamento de um profissional especializado perante aptidão física para a prática dessas atividades, bem como na prescrição do treinamento, seja ele aeróbico ou de resistência.

Ficou interessado em saber mais? Procure a Equipe IJO.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo